Interpretar Gestos

Home»Linguagem corporal»Como ler óculos

Como ler óculos

óculos-embaçado

Praticamente todos os auxiliares artificiais que utilizamos nos dão a oportunidade de executar uma série de gestos reveladores, e esse é certamente o caso dos óculos. Um dos gestos mais comuns é o de colocar uma das hastes na boca. O ato de colocar objetos contra os lábios ou na boca constitui uma tentativa momentânea de uma pessoa reviver a segurança que experimentou em bebé, no seio da mãe. Isto significa que o gesto Haste-dos-Óculos-na-Boca constitui no essencial um gesto de tranquilização.

Se utilizarmos óculos, poderemos por vezes sentir que estamos a olhar a vida através de dois rolos de papel higiénico, mas somos percecionados pelos outros como mais diligentes e inteligentes, particularmente durante os momentos iniciais de uma reunião. Num estudo em que se apresentava aos participantes pessoas de óculos, estas eram consideradas 14 pontos de QI mais inteligentes do que outras que não os utilizavam. Este efeito, porém, durava menos de cinco minutos, pelo que é aconselhável utilizá-los apenas para entrevistas curtas.

O efeito «inteligente» será reduzido, porém, se se utilizar óculos de lentes sobredimensionadas, com armações coloridas, estilo Élton John, ou óculos de designer com iniciais distrativas gravadas na armação. Utilizar óculos um tamanho acima do adequado ao rosto pode fazer pessoas jovens parecer mais velhas, mais diligentes e com mais autoridade.

No estudo que realizámos utilizando imagens de rostos de pessoas, descobrimos que, quando adicionamos óculos a um rosto num contexto profissional, os participantes descrevem essa pessoa como diligente, inteligente, conservadora, culta e sincera.

Quanto mais pesada for a armação, mais frequente será a utilização destas descrições; o facto de o rosto ser masculino ou feminino não tem grande relevância. Tal pode dever-se ao facto de os líderes de empresas que utilizam óculos preferirem armações mais pesadas. Assim, num ambiente profissional, os óculos constituem uma afirmação de poder. Óculos sem armação, ou de armações pequenas ou metálicas muito finas, transmitem uma imagem de falta de poder e indicam que estamos mais interessados na moda do que no negócio. O inverso verifica-se em contextos de convívio social, mas nestas situações, estamos a vender-nos a nós mesmos enquanto amigos ou colegas de divertimento. Aconselhamos as pessoas que detêm posições de poder a utilizar armações mais pesadas quando pretendem transmitir ideias sérias, tal como acontece, por exemplo, ao ler um orçamento, e os estilos sem armação quando se pretende transmitir uma imagem de «tipo simpático» ou de «estar com a malta».