Interpretar Gestos

Home»Comportamentos»Criar intencionalmente sintonia

Criar intencionalmente sintonia

2

A importância do espelhamento é uma das mais importantes lições de linguagem corporal que pode aprender, pois constitui uma forma clara pela qual os outros podem dizer que concordam connosco ou gostam de nós. É igualmente uma forma de dizermos aos outros que gostamos deles, simplesmente espelhando a sua linguagem corporal. Se um patrão quiser desenvolver sintonia e criar uma atmosfera descontraída com um empregado nervoso, poderá copiar a postura deste, como forma de atingir o objetivo.

Do mesmo modo, um empregado em ascensão poderá ser observado a copiar os gestos do patrão, numa tentativa de mostrar concordância com as suas opiniões. Utilizando este conhecimento, é possível influenciarmos os outros através do espelhamento dos seus gestos e posturas positivos.

Isto exercerá o efeito de dispor a outra pessoa num quadro mental recetivo e descontraído, permitindo-lhe «ver» que compreendemos o seu ponto de vista. Antes de espelharmos a linguagem corporal de outra pessoa, porem, temos de levar em linha de conta o relacionamento que temos com ela. Digamos, por exemplo, que um empregado de baixa patente de uma empresa pediu um aumento de ordenado e é chamado ao gabinete do diretor.

O empregado entra no gabinete, o diretor convida-o a sentar-se e assume a posição Catapulta, acompanhada de um Número-Quatro, exibindo assim perante o empregado uma atitude superior e dominante. Mas o que aconteceria se o empregado copiasse então a linguagem corporal dominante do diretor, ao discutir o seu aumento?

Ainda que o discurso do empregado se processasse a um nível subordinado, o diretor poderia sentir-se afrontado pela sua linguagem corporal, colocando o posto de trabalho do empregado em risco. O espelhamento é igualmente eficaz para intimidar ou desarmar tipos «superiores» que tentam assumir o controlo.

Contabilistas, advogados e quadros superiores de empresas são bem conhecidos por utilizarem agrupamentos de linguagem corporal conotados com superioridade junto de pessoas que consideram inferiores. Utilizando o espelhamento, é possível desconcertá-los e obrigá-los a uma alteração de posição. Mas convém nunca o fazer ao patrão.