Interpretar Gestos

Home»Comportamentos»Espelhamento a um nível celular

Espelhamento a um nível celular

52527-picture25

Foi relatado algumas descobertas notáveis feitas em recetores de transplantes de coração, foi descoberto também que, tal como acontece com a maior parte dos outros órgãos, o coração parece conservar memórias celulares, o que permite a alguns pacientes experimentar algumas das emoções sentidas pelo dador do coração. Ainda mais notável foi a sua descoberta de que alguns recetores assumem igualmente os mesmos gestos e postura do dador, apesar de nunca o terem visto.

A conclusão é que as células do coração parecem instruir o cérebro do recetor a assumir a linguagem corporal do dador. Inversamente, as pessoas que sofrem de perturbações tais como o autismo não têm a capacidade de espelhar ou de se ajustar ao comportamento dos outros, o que toma difícil uma comunicação em ambos os sentidos. O mesmo se diga dos indivíduos embriagados, cujos gestos estão dessincronizados das suas palavras, tornando impossível qualquer espelhamento.

Devido ao fenómeno de causa e efeito, se assumirmos intencionalmente determinadas posições de linguagem corporal, começaremos a experimentar as emoções associadas a esses gestos. Por exemplo, se nos sentirmos confiantes, poderemos assumir de forma inconsciente o gesto do Telhado de modo a refletir a nossa confiança, mas se utilizarmos de forma intencional esse gesto, começaremos não apenas a sentir-nos mais confiantes, como os outros aperceber-se-ão dessa confiança. Esta técnica torna-se, então, uma forma poderosa de criar sintonia com os outros, ajustando-nos intencionalmente à sua linguagem corporal e postura.