Interpretar Gestos

Home»Comportamentos»Invasores do espaço – Territórios e espaço pessoal

Invasores do espaço – Territórios e espaço pessoal

Portugal-Grunge-Flag-t0-1920x1200

Milhares de livros e artigos têm sido escritos acerca da definição e defesa de territórios por animais, quer se trate de aves, peixes ou primatas, mas só em anos recentes se descobriu que também o homem o faz. Se compreendermos as implicações deste facto, poderemos ganhar uma nova compreensão alargada do nosso próprio comportamento e prever as reações face a face dos outros.

Qualquer país consiste num território definido por fronteiras claras e protegido, por vezes, por guardas armados. No interior de cada país existem em geral territórios mais pequenos sob a forma de Estados e distritos. Dentro destes, existem territórios ainda mais pequenos chamados cidades e vilas, dentro dos quais existem subúrbios, os quais contêm muitas ruas que, em si próprias, representam um território fechado para quem lá vive.

No cinema, esse território é o braço do assento, onde travamos batalhas silenciosas com os desconhecidos que tentam conquistá-lo. Os habitantes de cada território partilham uma fidelidade intangível ao mesmo, e sabe-se como podem recorrer à selvajaria e à matança para o proteger.

Um território é igualmente uma área ou espaço em volta de uma pessoa que esta reclama como seu, como se fosse uma extensão do seu corpo. Cada pessoa possui o seu próprio território pessoal, o qual inclui a área que existe em redor das suas possessões, tais como a sua casa que é delimitada por uma cerca, o interior do seu veículo automóvel, o seu quarto ou cadeira pessoal.