Interpretar Gestos

Home»O poder dos gestos»O poder das mãos»O aperto de mão submisso

O aperto de mão submisso

aperto-de-mão_1349222201

O oposto do aperto de mão dominante consiste em oferecermos a nossa mão (manga às riscas) com a palma virada para cima, dando simbolicamente à outra pessoa a posição de mão por cima, como um cão que expõe a garganta a um cão superior.

Isto pode revelar-se eficaz se quisermos dar à outra pessoa o controlo, ou permitir-lhe sentir que domina a situação, por exemplo, se estivermos a pedir-lhe desculpa.

Embora o aperto de mão de palma para cima possa comunicar uma atitude submissa, há por vezes outras circunstâncias a considerar. Como vimos, uma pessoa que sofra de artrite nas mãos ver-se-á forçada a dar-nos um aperto de mão flácido, devido ao seu problema, o que faz com que mais facilmente rode a palma da mão no sentido da posição submissa. Também as pessoas que façam uso das mãos nas respectivas profissões, tais como cirurgiões, artistas e músicos, poderão igualmente dar um aperto de mão mole, simplesmente para proteger as mãos. Os agrupamentos de gestos que utilizam a seguir ao aperto de mão dar-nos-ão mais indicações para as avaliar — uma pessoa submissa utilizará mais gestos submissos e uma pessoa dominante gestos mais afirmativos.