Categoria : O poder dos gestos

Home»Archive by Category "O poder dos gestos" (Page 10)

Como manter o contacto visual com uma plateia

Desenvolveram uma técnica destinada a manter a atenção de uma plateia, fazendo os seus elementos sentir-se envolvidos no processo. Em grupos de até 50 pessoas, é possível cruzar o olhar com cada um dos indivíduos. Em grupos mais numerosos, encontramo-nos em geral numa posição bastante mais para trás, pelo que

Como desarmar quem faz jogos de poder

O Impulso Palma-para-Baixo é uma reminiscência da saudação nazi e é o mais agressivo de todos os apertos de mão, pois oferece a quem o recebe poucas oportunidades de estabelecer um relacionamento de igual para igual. Este aperto de mão é típico da pessoa dominadora e autoritária que sempre o

O aperto de mão submisso

O oposto do aperto de mão dominante consiste em oferecermos a nossa mão (manga às riscas) com a palma virada para cima, dando simbolicamente à outra pessoa a posição de mão por cima, como um cão que expõe a garganta a um cão superior.

Isto pode revelar-se eficaz se quisermos dar

Gesto de agarrar-os-braços

Na Pega-de-Braço-Dupla, as mãos da pessoa agarram firmemente a parte superior dos braços, para se reforçarem e evitarem a exposição da zona frontal do corpo. Por vezes, os braços são agarrados com tanta força que os dedos e os nós dos dedos ficam brancos, devido à interrupção da circulação sanguínea.

A postura do Cowboy

Polegares enfiados no cinto ou na zona superior dos bolsos é um gesto que enquadra a zona genital e constitui uma forma de exibição utilizada principalmente por homens para mostrar uma atitude sexualmente agressiva. É o gesto mais comum utilizado nos westerns televisivos para mostrar aos espectadores a virilidade do

Comportamento do olhar – para onde olha o leitor

Só quando falamos «olhos nos olhos» com outra pessoa se pode estabelece uma verdadeira base de comunicação. Enquanto algumas pessoas nos fazem sentir confortáveis quando falam connosco, outras fazem-nos sentir pouco à vontade, e outras ainda parecem-nos pouco fiáveis. A partida, isto tem a ver com a duração do olhar

O patrão vs os empregados

O estatuto social e hierárquico pode influenciar os gestos de cruzamento de braços. Uma pessoa de categoria superior poderá anunciar a sua superioridade não cruzando os braços, com isso dizendo, na verdade: «Eu não tenho medo, por isso vou deixar o corpo aberto e vulnerável.» Digamos, por exemplo, que num

Conselhos sobre sorrisos para mulheres

Investigações levadas a cabo por dois investigadores da Universidade de Boston, revelaram que pessoas de natureza subordinada sorriem mais na presença de pessoas dominadoras e superiores, tanto em situações amigáveis como não amigáveis, ao passo que as pessoas superiores só sorrirão junto de pessoas subordinadas em situações amigáveis.

Os dados desta

Aperto de mão de controlo

O propósito de qualquer aperto de mão a duas mãos é tentar demonstrar sinceridade, fiabilidade ou sentimentos profundos para com o receptor. Dois elementos significativos são de notar.

Em primeiro lugar, a mão esquerda é utilizada para comunicar a profundidade de sentimentos que o iniciador pretende transmitir, que é proporcional à

A mão dupla

Gesto favorito nas empresas de todo o mundo, realiza-se com contacto visual direto, um sorriso candidamente tranquilizador e uma repetição confiante, em voz alta, do nome próprio do receptor, frequentemente acompanhados por uma inquirição sincera acerca do seu estado de saúde.

Este aperto de mão aumenta a quantidade de contacto