Interpretar Gestos

Home»Comportamentos»Os três gestos interculturais mais comuns – O sinal-V

Os três gestos interculturais mais comuns – O sinal-V

dudu

Este gesto é vulgar na Austrália, Nova Zelândia e Grã-Bretanha, e possui uma interpretação «enfia lá isto». Winston Churchill popularizou o gesto «V de vitória», durante a Segunda Guerra Mundial, mas a sua versão de dois dedos era executada com a palma da mão virada para fora, enquanto na versão de insulto obsceno a palma está virada para o autor do gesto.

A sua origem remonta vários séculos atrás, quando os arqueiros ingleses utilizavam estes dois dedos para disparar os seus arcos de flechas. Para um arqueiro experiente, a pior de todas as degradações era ser capturado e, em vez de executado, ver os dois dedos com que disparava amputados. O gesto de dois dedos em V passou rapidamente a ser utilizado pelos Britânicos como gesto provocatório, para mostrar aos seus inimigos que «Ainda tenho os dedos com que disparo».

Em certas partes da Europa, porém, a versão palma-para-dentro ainda significa «vitória», pelo que um inglês que use esse gesto para dizer a um alemão «enfia lá isto» pode deixá-lo a pensar que ganhou um prémio. Este sinal significa igualmente hoje em dia o número dois em algumas regiões da Europa, e se o europeu insultado for um empregado de bar, a sua resposta poderá ser dar a um inglês, americano ou australiano duas canecas de cerveja.

Palavras Chave - , , , ,