Bob gosta de jogar xadrez. Foi desafiado para um jogo, que foi gravado secretamente em vídeo, para uma
análise posterior da sua linguagem corporal. O vídeo revelou que Bob friccionava frequentemente a orelha ou tocava no nariz durante o jogo, mas apenas quando estava inseguro da sua jogada seguinte. Descobriram que, quando assinalávamos uma intenção de mover uma determinada peça, tocando-lhe, a linguagem corporal de Bob revelava aquilo que ele pensava relativamente à jogada em questão. Quando sentia que podia contrariar uma jogada, e já tinha provavelmente pensado numa resposta à mesma, assinalava a sua confiança através de um gesto de Telhado; quando se sentia inseguro ou insatisfeito, utilizava os gestos de cobrir a boca, puxar a orelha ou coçar o pescoço. Isto acontecia com tal previsibilidade que, quando explicaram em segredo os indicadores fornecidos por Bob aos outros membros do grupo de xadrez, a maioria conseguiu vencer o pobre Bob deduzindo os seus pensamentos a partir da linguagem corporal.