Interpretar Gestos

Home»O poder dos gestos»A magia dos sorrisos»Porque rimos e falamos, mas os chimpanzés não

Porque rimos e falamos, mas os chimpanzés não

sorriso-OK

Um professor de Psicologia na Universidade de Maryland, Baltimore, descobriu que o riso humano é diferente do dos nossos primos primatas. O riso dos chimpanzés parece-se com o arquejar, em que é produzido um som apenas por cada inspiração ou expiração. É este rácio de um para um entre o ciclo respiratório e a vocalização que impossibilita à maioria dos primatas falar. Quando os seres humanos começaram a caminhar na posição erecta, libertaram a parte superior do corpo de funções de sustentação do peso, tornando-se possível um melhor controlo da respiração. Em resultado disso, os seres humanos podem decompor uma expiração e modulá-la, por forma a produzir linguagem e riso. Os chimpanzés podem possuir conceitos linguísticos, mas não são capazes de produzir fisicamente os sons da linguagem. Por caminharmos na vertical, nós, seres humanos, possuímos uma enorme gama de liberdade nos sons que emitimos, incluindo a fala e o riso.