Resultados para : o mentiroso nao sincronixa os gestos

Home»Search Results for "o mentiroso nao sincronixa os gestos" query

O entrevistado mentiroso

  • Publicado em Novembro 30, -0001
  • Categoria A mentira

Foi entrevistado um homem que tinha chegado do estrangeiro para concorrer a um lugar na nossa empresa. Ao longo da entrevista, manteve braços e pernas cruzados, utilizou agrupamentos de avaliação crítica, utilizou pouco as palmas das mãos e desviou frequentemente o olhar. Algo estava manifestamente a preocupá-lo, mas, nas primeiras

História verdadeira: o candidato mentiroso

Numa entrevista a um homem que explicava por que razão tinha abandonado o seu último emprego, indicou que lhe proporcionava poucas oportunidades de futuro, e que tinha sido difícil partir, pois se dava bem com toda a gente. Uma entrevistadora afirmou ter uma «sensação intuitiva» de que o candidato mentia,

Resumo

Os sinais de linguagem corporal tratados neste capítulo são bastante fáceis de observar, pois a maior parte envolve gestos amplos. Não só é importante compreender o significado destes sinais, como é vital, para uma boa comunicação, que elimine quaisquer gestos negativos do seu repertório e se treine a utilizar aquilo

A maior parte dos mentirosos olha-nos nos olhos

Muitas pessoas associam o ato de mentir ao gesto de desviar o olhar. Foram realizadas uma série de experiências nas quais se pedia aos participantes que contassem uma série de mentiras a outras pessoas, em entrevistas gravadas. As gravações foram então usadas nos nossos seminários sobre comunicação, pedindo aos participantes

Sinais dos olhos

Ao longo da história, temo-nos preocupado com os olhos e o seu efeito no comportamento humano. O contacto visual regula a conversação, fornece indicações de dominância («Ele olhou-me de cima para baixo»), ou constitui a base para suspeitar de um mentiroso («Olha-me nos olhos quando dizes isso!»). Passamos uma grande

A avaliar a concorrência

A ilustração seguinte mostra dois homens a «tirar as medidas» um ao outro, utilizando os gestos característicos Mãos-nas-Ancas e Polegares-no-Cinto. Considerando que estão posicionados em ângulo um relativamente ao outro e que as metades inferiores dos seus corpos parecem descontraídas, é razoável assumir que estão, de forma inconsciente, a realizar

A lei da causa e efeito

É possível, porém, parecer mais aberto e credível treinando gestos de palmas das mãos expostas ao comunicar com os outros. É interessante verificar que, à medida que os gestos de palmas das mãos expostas se tornam mais habituais, a tendência para mentir diminui. A maior parte das pessoas tem dificuldade