Categoria : Sinais de braços

Home»O poder dos gestos»Archive by Category "Sinais de braços"

Solução

Uma forma simples, mas eficaz, de desfazer a atitude de braços-cruzados é dar ao leitor alguma coisa para agarrar, ou algo que fazer. Se lhe dermos uma caneta, um livro, uma brochura, uma amostra ou um teste escrito, obrigaremos a pessoa a descruzar os braços e inclinar-se para a frente.

Diferenças de género

Os braços dos homens rodam ligeiramente para dentro, ao passo que os das mulheres rodam ligeiramente para fora. Estas diferenças de rotação têm permitido aos homens fazer pontaria e lançar com maior precisão, enquanto os cotovelos virados para fora das mulheres lhes proporcionam uma posição mais alargada e estável para

A barreira da caneca de café

Oferecer uma bebida durante uma negociação constitui uma excelente estratégia para avaliar de que modo a outra pessoa está a receber a nossa oferta. O local onde uma pessoa coloca a sua caneca imediatamente após ingerir a bebida é um forte indicador do quanto ela está convencida ou aberta relativamente

Braços-cruzados-sobre-o-peito

Ambos os braços são cruzados sobre o peito, numa tentativa de colocar uma barreira entre a pessoa e alguém ou algo de que ela não gosta. Existem muitas posições de braços cruzados, e discutiremos as mais comuns que é provável encontrar. A posição braços-Cruzados-sobre-o-Peito é universal, sendo descodificada em toda

Cruzar-de-braços-reforçado

Se alguém ostenta punhos fechados para além de braços totalmente cruzados, este agrupamento, designado Punhos-Fechados-Braços-Cruzados, demonstra hostilidade, bem como uma atitude defensiva. Se for combinado com um sorriso de lábios-unidos, ou dentes fechados e rosto avermelhado, pode ter lugar um ataque verbal ou mesmo físico. Torna-se necessária uma abordagem

Resumo

Qualquer que seja a forma como encaremos o gesto, qualquer cruzamento de braços à frente do corpo é visto como negativo e a mensagem está tanto na mente do receptor como na do emissor. Ainda que cruzemos os braços, por exemplo, por sentirmos dor de costas, um observador não deixará

Sim… Mas eu estou simplesmente “confortável”

Algumas pessoas alegam que cruzam habitualmente os braços por isso lhes ser confortável. Qualquer gesto parecerá confortável quando temos a atitude correspondente; isto é, se tivermos uma atitude negativa, defensiva ou nervosa, os braços cruzados parecer-nos-ão confortáveis. Mas se estivermos a divertir-nos
com os amigos, os braços cruzados não nos parecerão

Abraçar-se a si próprio

Em crianças, os nossos pais, ou quem quer que tomasse conta de nós, abraçavam-nos quando nos confrontávamos com circunstâncias perturbadoras. Em adultos, tentamos frequentemente recriar esses mesmos sentimentos reconfortantes, quando nos encontramos em situações geradoras de ansiedade. Em vez de assumirem um gesto completo de braços-cruzados, que pode revelar a

Toque-lhes também na mão

Um outro estudo envolvia bibliotecários que, ao entregarem um livro, raspavam ligeiramente na mão da pessoa. No exterior da biblioteca, as pessoas que levavam os livros emprestados eram inquiridas, sendo-lhes colocadas questões acerca das suas impressões sobre o serviço da biblioteca. Aquelas que tinham sido tocadas respondiam mais favoravelmente a