Interpretar Gestos

Home»A mentira»Sinais enganosos e de avaliação

Sinais enganosos e de avaliação

  • Postado em Abril 14, 2017
  • Categoria A mentira
34otufp

Se disséssemos a verdade absoluta a todas as pessoas com quem interagimos, qual seria o resultado? Se pronunciássemos as palavras exatas que nos vão na mente, no momento mesmo em que as pensamos, que consequências isso traria? Por exemplo:

Para o seu patrão: «Bom dia, chefe — seu pateta incompetente.»

Homem para cliente feminina: «Obrigado pela sua encomenda, Susan, e permita-me dizer-lhe que tem uns seios maravilhosos.»

Mulher para vizinho: «Obrigada por me ajudar a levar as compras. Tem um rabinho muito bem-feito, mas quem é que lhe corta o cabelo?»

Para a nossa sogra: «Que bom voltar a vê-la — sua mula velha, sempre a meter o nariz onde não é chamada.»

Quando uma mulher lhe pergunta: «Este vestido faz-me gorda?», qual a sua resposta? Se é um homem, e sabe o que é melhor para si, dirá que ela fica bem. Mas pode igualmente pensar: «O vestido não te faz gorda, as toneladas de bolo e gelados que tu comes é que te fazem gorda.»

Se disséssemos constantemente toda a verdade a toda a gente, não só acabaríamos sós e abandonados, como poderíamos terminar os nossos dias no hospital ou na prisão. Mentir é o óleo que lubrifica as nossas interações com os outros e nos permite manter relacionamentos sociais amigáveis. Chama-se a estas mentiras Mentiras Piedosas, pois o seu objectivo é fazer os outros sentir-se confortáveis, em vez de lhes contar a verdade nua e crua. A investigação revela que as pessoas que mentem em ocasiões sociais são mais populares do que as que dizem constantemente a verdade, ainda que saibamos que as primeiras estão a mentir-nos. Nas Mentiras Maliciosas, porém, temos uma pessoa deliberadamente determinada a enganar outra em seu benefício pessoal.

Palavras Chave - , , , , ,