Tag : televisão

Home»Posts Tagged "televisão"

Olha-me no fundo dos olhos, baby

Para um programa de televisão, realizámos uma experiência com uma agência de encontros sentimentais. Um certo número de homens previamente selecionados foi informado de que a sua próxima parceira se lhes ajustava perfeitamente (e que podiam contar com um tempo bem passado). Explicaram a cada um deles que o seu

Como os políticos da TV podem conquistar votos

Há mais de três décadas que aconselhamos pessoas que aparecem em público a serem vistas como credíveis e fiáveis. Estes nossos clientes vão desde estrelas do rock e políticos, até apresentadores do boletim meteorológico e primeiros-ministros. Em determinada ocasião, dois líderes políticos foram convidados para dois debates televisivos sobre a

Como as pessoas bonitas podem ficar de fora

A maior parte das pessoas cai na tentação de acreditar que o aspeto físico é a chave para atrair os parceiros, mas essa é em grande medida uma ideia promovida pela televisão, o cinema e os restantes meios de comunicação social. As pessoas extremamente atraentes são raras, e são enganosamente

O poder do toque

Tocar numa pessoa com a mão esquerda enquanto lhe damos um aperto de mão com a direita pode criar um resultado poderoso.

Investigadores da Universidade de Minnesota levaram a cabo uma experiência que se tornou conhecida como o «Teste da Cabina Telefónica». Colocaram uma moeda no rebordo de uma cabina telefónica

Porque parecem as pessoas mais altas na TV

As pessoas «percecionadas» como altas saem-se também melhor na política, quando vão à televisão: no ecrã, as pessoas têm apenas 15 centímetros, pelo que nós, espectadores, é que decidimos de forma subconsciente a altura da pessoa. A altura que lhes atribuímos e o poder que lhes conferimos está diretamente correlacionado

Porque estamos todos a ficar americanos

Devido à generalização da televisão e cinema americanos, as gerações mais jovens de todas as culturas estão em vias de desenvolver uma forma genérica de linguagem corporal norte-americana. Por exemplo, australianos na casa dos 60 identificarão o gesto britânico Dois-Dedos para-Cima como um insulto, ao passo que um adolescente australiano